Sep 27, 2006

Ô ironia...

Você passa horas do seu dia, aliás, horas e horas do mês e do ano inteiro, perfeita.

Salto alto, mesmo com todos os dedos espremidos; roupa no lugar, postura alinhada, sorriso no rosto, batom impecável. Cabelos domados e perfeitos - dentro dos padrões de perfeição de cabelos cacheados, no meu caso.

E espera sempre encontrar alguém nesses momentos. E acaba encontrando, realmente. Mas no fundo, bem lá no seu íntimo, você torce para encontrar ele. Não digo nem um ex, que nem sempre traz boas recordações...mas ele - um paquera que simplesmente sumiu do mapa, do nada.

Ele, que marcou e remarcou alguns vários encontros; ele, que estava indo ao seu encontro, quase lá e, de repente, "o pneu do carro furou" - tadinho; ele, que te chamou pra sair e, na última hora, apareceu um imprevisto e ele ficou sem carro; ele, que não podia sair na noite anterior porque no dia seguinte ia ter almoço de família e ele tinha que ajudar com umas coisas em casa e que, pasmem, no dia seguinte, justo na hora do almoço, vocês se encontram na praia - tadinho de novo, não sabe mais nem onde enfiar a cara de tanta desculpa esfarrapada.

Mas você nem liga...afinal, ele realmente não representa nada demais pra você. Você se sente quase que "um homenzinho", por não ligar, por não fazer diferença se ele apareceu ou não, porque a noite não dependia dele de forma alguma, seria um plus, um extra pra você aproveitar e se divertir um pouquinho mais. Afinal, beijo na boca nunca matou ninguém, não é mesmo?

Aí, você encontra ele, completamente por acaso. Justamente quando?Na única e pior hora possível que alguém poderia imaginar: voltando da academia, suada, vermelha, cara de cansada, destruída, meio pálida - porque ficou meio tonta nos últimos exercícios - e o pior: de blusão, daqueles imensos e folgadões porque 1)você não gosta de ficar expondo seu corpo por aí, já que vai andando para a academia; 2)você não está depilada.

E ele, como está?Indo para a academia, também. Mas, ao contrário de você, tinha acabado de tomar banho, estava cheirosíssimo, todo arrumadinho, nem parecia que ia malhar.

Merda!

3 Comments:

  1. A.L. said...
    Eh de lascar mas, por uma coisa ou por outra, voce acaba chamando a atencao... Nao sai com aquela imagem de "a patricinha que se produz inteira pra ir pra academia e que nem sua porque so malha os outros!" =P
    Positive vibration; hun! At all times. =)
    Beijo
    O Capitão said...
    vcs mulheres são engraçadas... tenho certeza que nós homens não conseguem olhar para o mundo dessa forma tão concentrada! Pelo menos eu! hehehehehe... relaxa!!!
    A.L. said...
    Posts novos, tchan nan nan! Posts novos!

    Campanha "por um mundo melhor: posts novos no blog de C.!"

Post a Comment



Template by:
Free Blog Templates