Dec 10, 2007

Macabéa

Isso é que dar você lembrar da educação que sua linda mãezinha te deu. Sério, que é isso, meu Deus?
Tá, quem sou eu pra falar de insegurança, medo, baixa auto-estima...mas minha filha, por favor...
Você tenta se aproximar de uma pessoa que você não conhece bem e também não faz tanta questão de conhecer; mas a verdade é que ela vai casar com um grande amigo seu (ou era o que você achava antes disso tudo!) e você acha que o melhor é realmente tentar manter um certo contato; nada de exageros, claro.
Até porque, no fundo, você não vai com a cara dela. Cara de quem comeu e não gostou, sem sal, meio bleh...é tão, tão....nem consigo definir, mas a raiva que estou dela agora me força a isso. Já sei: cara de mosca na sopa - não dá nem vontade de comer.
Pobre Macabéa. Obrigada, Macabéa.
È, minha querida, acho que não tem como eu te definir melhor: você é uma verdadeira Macabéa.
Você ao menos sabe do que estou falando? Muito provavelmente não. O que não te torna menos isso aí que estou falando.
Pois bem. Você chega e faz mil e uma agressões, especulações, fala do que não sabe, finge que sabe, cheia de razões.
Com que direito?Você não estava lá, você não sabe o que aconteceu. Você pensa que sabe, pensa que viu; mas você só viu o que nós permitimos que você visse; você só soube o que nós permitimos que você soubesse, sua anta.
Ou você acha que a gente aperta um botão e desperta um sentimento, é?
A frase foi essa, ó: "você vai mesmo namorar esse cara?porque se for, eu começo a namorar a fulana, que eu sei que está apaixonada por mim".
Aaaaaaaiiiii....que lindo!Que maneira linda e sincera de iniciar esse conto de fadas que só existe na sua cabeça.
Sim, porque também teve a frase - essa escrita, qualquer dia eu te mostro - "ela não me atrapalha, não reclama de nada, eu posso fazer o que quiser, inclusive no sexo, ela aceita o que eu mandar; enquanto isso, ela pensa que está vivendo num conto de fadas e que eu sou um príncipe. Se isso a faz feliz, eu deixo pensar que é isso mesmo.".
Claro que você jamais iria acreditar que seu príncipe iria falar algo assim, não é?Eu também não acreditaria. Dói demais pensar nessa possibilidade.
Mas é verdade. A frase. Não acredito que ainda seja. O tempo faz milagres, tanto que hoje ele te ama. Ao menos ele diz.
Eu, no fundo, acho que foi uma questão de "o que era mais fácil e compatível e cômodo para mim". Bem típico.
Mas isso ele nunca vai admitir.
E quem sou eu para julgar, não é mesmo?Se vocês são felizes assim, por mim tá ótimo.
Só me faz um favor: some da minha vida, tá?

1 Comment:

  1. Luciana said...
    Eu conheço a história de Macabéa...

Post a Comment



Template by:
Free Blog Templates