Oct 20, 2008

E de repente fui tomada por uma falta de ar, quase me sufocando, misturado à angústia e uma dor no peito. Seria um infarto?Não, não aqui, no meio do trabalho, no meio dessa tarde chata, sem graça, sem cor...cinza. Tudo fica assim quando você não está aqui.


Não mecontive e, contrariando todas as regras, todas, te liguei. E você me ouviu. E eu falei e falei e falei. E você disse que ia repensar o que já estava pensado.

E meu coração ficou leve de novo porque, por um instante, se encheu de esperança. Era a única coisa que eu tinha naquele momento: esperança que você acreditasse, que você quisesse, que você viesse, que você aceitasse.

Tentei estudar, ver tv, conversar...tudo em vão. E esse tempo que não passava?

Então, como sempre, quando eu menos esperava - você nunca me liga naquele horário - o telefone tocou. E você me chamou para almoçar.

[cenas do próximo capítulo amanhã]

5 Comments:

  1. A.L. said...
    I hate to say I told you so, mas que eu told you so, eu told...
    P. said...
    Tardes chatas e cinzas sempre acabam inesperadamente. Mesmo que demore uma eternidade.
    D.J said...
    Eu não te disse?
    Meu coração se engana muuuuuito, mas dessa vez ele só poderia acertar.
    Painho e mainha juntos de novo...adoooooooro!
    Beijitos!
    Jaya said...
    Ah, que delíciaaaaaaaaaaaaa!
    Me imagina pulando e dandos gritinhos gays! Haha. Adoooooro, moça. Essa sensação de êxtase que nos impede de fazer tudo com naturalidade. O pensamento que já não mora mais dentro das conveniências. Isso tudo é coisa linda de sentir. E de ler. De ler com tua narração bonita. (:

    Eu tô aguardando as cenas do próximo capítulo. Dá pra andar logo? Rs.

    Seguinte: Carol é de Recife, sim. Pernambucana. Você também? Já gostei de saber, viu? Quando encontro gente do meu nordeste [sou da Bahia], já fico achando tudo lindo. Rs.

    Vou te passar meu e-mail: jaya_viana@yahoo.com.br Daí você me envia o teu, e te conto dos porquês de Paquetá e do outro blog terem desaparecido. De antemão, aviso que não é nada demais... Meu interesse maior é estar mais perto de você. (:

    Beijos beijos e beijos.

    P.S.: E obrigada pelos comentários de sempre. Fico feito uma besta, sorrindo e sorrindo. Rs.
    A.L. said...
    E esse amanhã que nunca chega?!

Post a Comment



Template by:
Free Blog Templates